Henrique de Moraes Fleury da Rocha

Advogado inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil, nas Seções dos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e do Distrito Federal. Integrante do escritório Gustavo Tepedino Advogados desde 2014.

Formação
Mestrando em Direito Processual Civil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Especialização (pós-graduação lato sensu) em Direito Processual Civil na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Áreas de atuação
Contencioso judicial, administrativo e arbitral.

Principais publicações
Cabimento do agravo de instrumento segundo o Código de Processo Civil brasileiro de 2015: aspectos polêmicos, in Revista de Processo, v. 282, ago. 2018, p. 299-317.

Garantias fundamentais do processo sob a ótica da informatização judicial, in Revista de Processo, v. 267, mai. 2017, p. 129-170.

Garantias fundamentais do processo brasileiro sob a ótica da informatização judicial, in Revista Iberoamericana de Derecho Procesal, v. 5, jan./jun. 2017, p. 85-127.

A notificação extrajudicial entregue no endereço do devedor, por via postal e com aviso de recebimento, é válida quando realizada por Cartório de Títulos e Documentos de outra Comarca, mesmo que não seja aquela do domicílio do devedor, in Arruda Alvim et al. (Org.), Teses jurídicas dos tribunais superiores: Direito Civil II, São Paulo: Revista dos Tribunais, 2017, v. 6, p. 217-234.

Idiomas
Inglês, francês e espanhol.

E-mail
hmf@tepedino.adv.br